terça-feira, 2 de março de 2010

Sebastião José Naves - um dos irmãos de "o caso dos irmãos Naves"

(clique na imagem para ampliar)


Sebastião José Naves ao lado de se sua esposa, Salvina Eulina Naves, dos filhos Gecilda Aparecida Naves (no colo), Geralita Naves de Sousa, Ivaldo Vicente Naves e Geralda Naves da Cunha e da neta Neide Naves da Cunha (criança na cadeira)


Foto - Anna Rosa Naves - a Donana, mãe dos Irmãos Naves, vítimas do maior erro* judiciário do Brasil, ocorrido em 1937 no Estado de Minas Gerais, Brasil.
*O caso dos Irmãos Naves, como ficou conhecido, motivou a mudança do Código Penal Brasileiro.



Sebastião José Naves - um dos Irmãos Naves nasceu em 1902 e morreu em 1964.  Ele casou com Salvina Eulina Naves.

Sebastião José Naves, filho de José Antônio Naves de Oliveira casado em 1ªs núpcias com Anna Rosa Naves - a Sá Rosa - ou Donana;

1 – Neto paterno de João Naves de Oliveira - ou João de Oliveira, o Zé Teneco Cc. Maria Victória de Jesus - a Maria Victoria de Oliveira ou Maria Victória Naves;

1 – Neto materno de José Joaquim Naves Damasceno Cc. Maria Luiza da Conceição;


2 – Bisneto (pela sua avó Maria Victória de Jesus - a Maria Victoria de Oliveira ou Maria Victória Naves) de José Francisco Naves_6, casado em 1ªs núpcias com Anna Roza de Jesus - a Ana Rosa Naves;

2 – Bisneto (pelo seu avô José Joaquim Naves Damasceno) de José Francisco Naves_6, casado em 1ªs núpcias com Anna Roza de Jesus - a Ana Rosa Naves;


3 – Trineto por duas vezes (pelo seu bisavô José Francisco Naves_6) do patriarca João Naves Damasceno Cc. Anna Vittoria de São Thomé;

3 - Trineto por duas vezes (pela sua bisavó Anna Roza de Jesus - a Ana Rosa Naves) de Bernardo Machado Neto - ou Bernardino Machado Neto Cc. Maria Joaquina da Silva.


Descendentes de:

Sebastião José Naves - um dos Irmãos Naves

1a Geração

1. Sebastião José Naves - um dos Irmãos Naves nasceu em 1902 e morreu em 1964.  Ele casou com Salvina Eulina Naves

Filho de Sebastião José Naves - um dos Irmãos Naves e Salvina Eulina Naves

i.
2.
Ivaldo Vicente Naves.

ii.
3.
Gecilda Aparecida Naves.

iii.
4.
Geralita Naves de Sousa ou Geralita Naves Maciel  "Lalita".

iv.
5.
Geralda Naves da Cunha - a Fiinha.

v.
6.
Ivo José Naves morreu em data desconhecida.



2a Geração (Filhos)

2. Ivaldo Vicente Naves.  Ele casou com Penka Maritza Dulgheroff Naves


Filhos de Ivaldo Vicente Naves e Penka Maritza Dulgheroff Naves

i.
7.
Isabel Naves.

ii.
8.
Luiz Humberto Naves.

iii.
9.
Ivaldo Vicente Naves Júnior.


3. Gecilda Aparecida Naves

4. Geralita Naves de Sousa ou Geralita Naves Maciel  "Lalita"

5. Geralda Naves da Cunha - a Fiinha.  Ela casou com Antônio Eduardo da Cunha

Filho de Geralda Naves da Cunha - a Fiinha e Antônio Eduardo da Cunha

i.
10.
Valdete Naves Caetano nasceu em Belo Horizonte - MG.

ii.
11.
Luciano Naves.


6. Ivo José Naves morreu em data desconhecida.  Ele casou com Maria Aparecida Castro Naves

Filho de Ivo José Naves e Maria Aparecida Castro Naves

i.
12.
Alexandre de Castro Naves nasceu em Araguarí - MG.



3a Geração (Netos)

7. Isabel Naves

8. Luiz Humberto Naves

9. Ivaldo Vicente Naves Júnior.  Ele casou com Juliana de Ávila, filha de Wanderley Geraldo de Ávila e Mariza de Oliveira Ávila, em Jun. 9, 2012 em Belo Horizonte - MG. 


10. Valdete Naves Caetano nasceu em Belo Horizonte - MG.  Ela casou com Carlos Caetano.



11. Luciano Naves

12. Alexandre de Castro Naves nasceu em Araguarí - MG. 





NOTA DO EDITOR:
Abilon Naves
O Blog Família Naves - Projeto Árvore Genealógica agradece todas as informações que possam aperfeiçoar e ampliar nossos objetivos. Envie-nos um email com suas opiniões e informações.

blogfamilianaves@hotmail.com


  • Fique informado sobre as publicações do Projeto Blog Família Naves. Seja um membro do blog clicando em "Seguidores", no botão >>> "Participar deste site" <<< localizado na aba à esquerda do blog. 
  • Relaciona o seu nome completo, de seus pais, avós, email e receba o formulário "Folha do Grupo de Família" para inserção de seus dados no BLOG Família Naves - Projeto Árvore Genealógica
  • Inclua esta publicação em sua página social (Facebook, etc.) acessando o link abaixo, através dos botões.




- Maria Eunice Naves deixou um novo comentário sobre esta postagem:


Caro Abilon,


"Se a sociedade fosse uma maravilha - a brasileira ou qualquer outra - eu não teria nada a dizer contra, e me juntaria ao coro cósmico. Mas sabemos, bem demais, que a atual aldeia global é uma soma espantosa de injustiças, opressões, violência e ameaças monstruosas de destruição planetária - consagração final de uma História da Humanidade que é uma vergonha e um horror. Se a família é o centro deste caos - eu acredito que ela seja - então precisamos revê-la a fundo." José Ângelo Gaiarsa.


DA FOTO : ao primeiro olhar, a foto de Sebastião Naves de Souza e distinta família nos mostra pura e simplesmente uma família simples do interior de Minas, ou São Paulo, etc., em tantas localidades ainda hoje se vê, que “todo santo domingo” faz o costumeiro giro pelas praças da sua cidade – após, é claro, ter acompanhado o ofício da Santa Missa, para encontrar os amigos, papear com as “comadres” e “compadres”, para “contar vantagens”sobre os pimpolhos, todos vestidos à caráter, a troca de receita das mais variadas quitandas- peculiares a cada região, enfim, o hábito saudável vivido com amizade, coleguismo e com alegria - , sem grandes transtornos a atormentar-lhes que não lhes sejam possível uma solução simples e rápida.


Nenhuma intranqüilidade em seus rostos, ou algum sinal de sofrimento na fisionomia de todos, além do cenho franzido devido ao sol do meio dia – calculo; sim, e um “ar” incomodado pelo clarão da máquina "lambe-lambe”, não o deixa de ser – é o que nos demonstram os olhinhos apertados da filha, a mocinha bonita de nome Geralita ! Que susto!... Apenas um susto...


EM UM SEGUNDO TEMPO, ainda o olhar preso à foto, junta-se ao meu pensamento um arrepio...” , vêm os dizeres: ... "O mundo pode ser um palco, mas o elenco é um horror," de Oscar Wilde, ou seja, na sua perspectiva pessoal de arte e de vida. Minha emoção grita por socorro: a experiência de vida reservada a Sebastião Naves de Souza e a seu irmão Joaquim Naves de Souza, não me permitem distinguir o “sarcasmo”, tão peculiar ao escritor, na sua formulação.

DE INOCENTES a protagonistas de um crime de morte, o ” CASO DOS IRMÃOS NAVES”, o erro Judiciário mais famoso no Brasil, logo ali, em Araguari, Minas Gerais.

“Todos os fatos existentes servem para inocentar ou condenar; quando o malhete falha ou acerta?!... Uma incógnita que os tempos incumbe-se de nas muitas das vezes de responder."

A Justiça aos moldes humanos, pauta pelo culto a liberdade e a vida.


Sobre a liberdade, melhor a definiu a poetisa Cecília Meireles, em seu livro “Escolha o seu sonho”, publicado em 2001 (ed.. Record), já na 21ª edição, numa prima facie, através do conto “Liberdade”, proclamando em alto e bom som:

“Sobre LIBERDADE, se têm escrito poemas e hinos, a ela se têm levantado estátuas e monumentos, por ela se tem morrido com alegria e felicidade. Diz-se que o homem nasceu livre, que a liberdade de cada um acaba onde começa a liberdade de outrem; que onde não há liberdade não há pátria; que a morte é preferível à falta de liberdade; que renunciar à liberdade é renunciar à própria condição humana; que a liberdade é o maior bem do mundo; que a liberdade é o oposto à fatalidade e à escravidão; nossos bisavós gritavam ‘Liberdade, Igualdade e Fraternidade!’; nossos avós cantaram: ‘ou ficar a Pátria livre/ ou morrer pelo Brasil!’; nossos pais pediram: ‘Liberdade! Liberdade!/ abre as asas sobre nós’, e nós recordamos todos os dias que o ‘sol da liberdade em raios fúlgidos/ brilhou no céu da Pátria...’”.


Grande abraço,

Maria Eunice Naves.

Postado por Maria Eunice Naves no blog FAMÍLIA NAVES em 1 de março de 2010 02:19



Maria Eunice Silva Naves Boglione (filha de José Lourenço Leite Naves7, neta de Achiles Ribeiro Naves6, bisneta Carlos Ribeiro Naves "Capitão"5, trineta de Silvestre José Naves ou "Silvério Naves"4, tetraneta de Miguel Joze Naves 3_3, pentaneta João Naves Damasceno2, hexaneta de João de Almeida Naves1)