domingo, 21 de dezembro de 2008

Cap. VI, § 7º, seção 4 - José Naves da Cunha "Zéquinha"_ 6.7.2. cc/ Delminda de Souza

Casamento - 6.7.2. José Naves Da Cunha " tio Zéquinha" cc/ (2º filho de João Naves Damasceno Cc Maria Abadia Naves); natural de Uberaba – MG, nascido aos 15 de janeiro de 1871, faleceu aos 16 de maio de 1942; casou-se com Delminda de Souza, nascida em 1º de outubro de 1879, faleceu em 4 de novembro de 1944.

O casal José Naves e Delminda, com geração.

Filhos:
6.7.2.1.Ormezina de Souza Naves
6.7.2.2. Theolinta de Souza Naves Oliva
6.7.2.3. Ubaldina de Souza Naves
6.7.2.4. Maria Rita (de Souza) Naves
6.7.2.5. João Naves da Cunha
6.7.2.6. Leônidas Naves da Cunha
6.7.2.7. Abilon de Souza Naves "Senador Souza Naves"
6.7.2.8. Olinda de Souza Naves
6.7.2.9. Antônio Souza Naves
6.7.2.10. Odilla Naves
6.7.2.11. Sebastiana de Souza Naves "Sebastianinha"
6.7.2.12. Adolpho de Souza Naves



Cap. VI § 1º, seção 2.1. - Ormezina de Souza Naves_6.7.2.1. Cc/ Dario Viera Machado
Ormezina nasceu aos 24-11-1893, em Uberaba - MG; faleceu aos 25-03-1955, em São Paulo - Capital.

Ormezina e Dario, com geração.
Filhos:
6.7.2.1.1. Antônia Naves Vieira Machado, nascida aos 22.02.1915, em Barretos - SP.; falecida aos 05.08.1976, em São Paulo - Capital. Casou-se com Aluízio Thompsom Nogueira; com geração.
6.7.2.1.2 João Naves Vieira Machado, nascido aos 31.08.1919, em Barretos – SP.; falecido aos 30.01.1982, em São Paulo – Capital. Casou-se com Maria Lúcia Villela Vieira Machado; com geração.
6.7.2.1.3 Dario Naves Vieira Machado, nascido aos 22.03.1923, em Barretos – SP. Casou-se com Zuleika Bernardes de Oliveira Viera Machado; com geração.




Cap.VI, § 1º, seção 2.2. - Theolinta De Souza Naves_6.7.2.2. Cc/ Oliva "primo Oliva"
Theolinta nasceu aos 18.01.1897, em Uberaba - MG; faleceu aos 13.11.1955, em São José do Rio Preto - SP.
Filhos:
6.7.2.2.1. Maria Antonietta Naves Oliva, nascida aos 19.08.1920, em Barretos – SP.; falecido aos 25.06.1986, em Barretos - SP. Casou-se com Eduardo Ramos Martins; com geração.
6.7.2.2.2. Sebastiana Naves Oliva, nascida aos 10.11.1921, em Barretos – SP.; falecido aos 05.2005, em São Paulo – Capital. Casou-se com Octávio Correa Galvão.
6.7.2.2.3. José Naves Oliva, nascido aos 05.01.1924, em Barretos – SP.; falecido aos 19.12.1945, em Em Porto Alegre - RS.
6.7.2.2.4. Maria Helena (Naves) Oliva, nascida aos 12.01.1925, em São José do Rio Preto– SP. Casou-se com Pedro Ribeiro; com geração.
6.7.2.2.5. Francisco de Assis Naves Oliva, nascido aos 30.11.1927, em São José do Rio Preto – SP. Casou-se com Elisabete Cal Oliva; com geração.
6.7.2.2.6. Maria Cecília Naves Oliva, nascida aos 09.12.1933, em Barretos – SP.; falecida aos 29.09.1992, em São Paulo – Capital. Casou-se com Robert Edward Salles Haynes; com geração.
6.7.2.2.7. Maria Terezinha Naves Oliva, nascida aos 30.04.1935, em Barretos – SP. Casou-se com Pedro Benozzati.

Cap.VI, § 1º, seção 2.3. - Ubaldina De Souza Naves_6.7.2.3. Cc/ Genésio de Lima Brito
Ubaldina nasceu aos 19.10.1899, em Sacramento - MG; faleceu aos 23.02.1952, em São Vicente - SP.
Filhos:
6.7.2.3.1. Nelson Naves de Brito, nascido aos 22.10.1921, em Bebedouro - SP., falecido aos 07.01.1953, em São Vicente - SP.
6.7.2.3.2. João Baptista Naves de Britto, nascido aos 01.07.1925, em Pitangueiras – SP., falecido aos 16.05.2000, em São Paulo - Capital. Casou-se com Leilah Duarte Pestana; com geração.

Cap.VI, § 1º, seção 6.7.2.4. - Maria Rita (De Souza) Naves_6.7.2.4. Cc/ Orozimbo Serafim Barcellos
Maria nasceu aos 02.06.1901, em Sacramento - MG; faleceu aos 19.11.1971, em São Paulo - Capital.
Filhos:
6.7.2.4.1. Raymundo Naves Barcellos, nascido aos 06.06.1929, em Barretos – SP., falecido aos 16.05.2002, em São Paulo - Capital.
6.7.2.4.2. Mariajulia Naves Barcellos, nascida aos 02.05.1930, em Barretos – SP., falecido aos 04.05.1985, em Curitiba - PR. Casou-se com Jorge Henrique Kfouri; com geração.
6.7.2.4.3. Leon Naves Barcellos, nascida aos 12.01.1932, em Barretos – SP. Casou-se com Lucy Ritz de Souza; com geração.



Cap.VI, § 1º, seção 2.5. - João Naves Da Cunha_6.7.2.5.João nasceu aos 14.10.1902, em Uberaba - MG; faleceu aos 28.07.1953, em São Paulo - Capital.
6.7.2.5. João Naves da Cunha cc/ Maria de Oliveira Menezes Naves; com geração.
Filhos:
6.7.2.5.1. Paulo Cesar de Menezes Naves, N. 02-02-1928, em Barretos - SP. F. 1929, em Barretos - SP.
6.7.2.5.2. Reynaldo Cesar Naves (N.2-07-1930, em Barretos - SP. F. 29-10-1999, em São Paulo - SP.) cc/ Carmem Botelho Egas; com geração.
Filhos:
6.7.2.5.2.1. Reynaldo César Naves Filho cc/ Valeria Mandia Café; com geração.
Filhos:
6.7.2.5.2.1.1. Luiza Café Naves
6.7.2.5.2.2. Thiago Café Naves
6.7.2.5.3. Margarida Naves cc/ Peter Battlehmer; com geração.
Filhos:
6.7.2.5.3.1. Cláudia Naves Battlener cc/ Paulo Herman; com geração.
6.7.2.5.3.2. Carlos Naves Battlehner
Filhos:
6.7.2.5.3.1.1. Eduardo Battlehner Herman
6.7.2.5.3.1.2. Marcelo Battlehner Herman

Cap.VI, § 1º, seção 2.6. - Leônidas Naves Da Cunha_6.7.2.6.
Leônidas nasceou aos 06.03.1904, em Uberaba - MG; faleceu aos 13.06.1976, em São Paulo Capital.



Cap.VI, § 1º, seção 2.7. - Abilon De Souza Naves "Senador Souza Naves"_6.7.2.7. Cc/ Antônia Colombini
Abilon nasceu aos 01.09.1905, em Uberaba - MG, faleceu aos 12.12.1959, em Curitiba - Pr. Casou-se com Antônia Colombini; com geração.

Filhos:

6.7.2.7.1. Elizabethe de Souza Naves cc/ Aloisio Marcel Lewandowski; com geração.

6.7.2.7.2.Marcos de Souza Naves cc/ Lúcia.

6.7.2.7.3. Beatriz de Souza Naves cc/ Marco Antonio Rizzo Guglielmetti; com geração.

Nota do autor -
Abilon de Souza Naves (1905-1959), mineiro de Uberaba, homem de origens modestas e que ocupou diversos cargos - delegado regional do APAC, diretor da Caixa Econômica Federal, secretário do Trabalho e Assistente Social, presidente do Ipase e diretor da Carteira de Crédito Agrícola e Industrial do Banco do Brasil, era eleito num pleito difícil, em que o PSD - então no governo, com Moisés Lupion, apoiou com todas as forças o desembargador José Munhoz de Melo. (Em 1954, o PTB já havia tentado chegar ao Senado, com Pahilio Borba, mas foi então derrotado pela UDN, com Othon Mader). Souza Naves, entretanto, não chegaria a cumprir seu mandato: presidente do PTB no Paraná, faleceu durante um jantar em sua homenagem, na Sociedade Morgenau, na noite de 12 de dezembro de 1959, vítima de enfarte.
Profissões: Jornalista Servidor Público ComerciárioMandatos: Senador - 1959 a 1959
O ex-senador exerceu outras importantes funções públicas, além da cadeira no Senado, como as de presidente da Caixa Econômica Federal do Paraná e do Instituto de Previdência e Assistência aos Servidores Federais, no Governo de Getúlio Vargas, e de diretor da Carteira de Crétito Agrícola do Banco do Brasil, no Governo de Juscelino Kubitschek. Souza Naves adquiriu projeção e liderança nacional no antigo PTB, tendo sido um de seus mais influentes dirigentes nacionais.
Segundo relato do ex-deputado Léo de Almeida Neves, o senador trabalhista agia com a perspicácia e clarividência do líder que "enxergava o que outros não viam". Léo conta que João Goulart havia recém saído de uma derrota para o Senado pelo PTB gaúcho, em 1955, quando Souza Naves assumiu interinamente como presidente nacional do Partido e costurou a coligação PSD-PTB para o embate presidencial, resultando na vitória da chapa Juscelino-Jango.
...
"Vez por outra, o jornalista Sebastião Nery tem falado dos políticos paranaenses em seu "Folclore Político", não só em livro, mas também na coluna Contraponto - possivelmente o espaço de maior índice de leitura da "Folha de S. Paulo", em sua influente terceira página. Na sexta-feira, Nery contou uma estória bastante simpática em relação a um dos maiores nomes que o PTB teve no Paraná: o senador Abilon de Souza Naves. Um caso que merece ser também conhecido dos leitores de “O Estado”:
Souza Naves era diretor da Carteira Industrial do Banco do Brasil. Chegou a senador pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e morreu de colapso cardíaco, quando o homenageavam em Curitiba com um banquete, na campanha para o Governo do Paraná. Incorruptível, não tinha a estima de um grande número de correligionários (deixou para a família 130 mil cruzeiros antigos numa conta bancária e um apartamento que ainda estava pagando).
Quando ainda era diretor do Banco do Brasil, entra no gabinete um líder trabalhista do segundo escalão, seu amigo:
- Naves, estou numa bananosa. Só de prestações do meu apartamento devo quatro. Mas você pode me salvar.
- Como? Você sabe que eu não tenho dinheiro para lhe emprestar.
- Não é isso que eu quero. Um amigo tem uma proposta de empréstimo aqui no Banco. Está tudo em ordem, segundo ele me disse. Mas não estão soltando os cobres. Prometeu-me uma comissão se eu conseguisse que você liberasse o dinheiro dentro de um mês.
Souza Naves sorriu:
- Você é o primeiro sujeito que me procura para pleitear um favor e diz francamente que está levando o seu. Todos os outros, advogados administrativos, que vêm, juram que não ganham nada com a intervenção, que o fazem apenas para ajudar um amigo. Vou mandar buscar o processo. Se estiver em ordem, despacho.
Estava tudo correto e Souza Naves liberou o empréstimo numa semana.
"
(Texto de Aramis Millarch, publicado originalmente em:
Veiculo: “Estado do Paraná” / Caderno ou Suplemento: Almanaque
Coluna ou Seção: Tablóide / Página: 9 / Data: 20.12.1981)



Cap.VI, § 1º, seção 2.8. - Olinda De Souza Naves_6.7.2.8.

Olinda Nasceu aos 14.02.1907, em Uberaba - MG; faleceu aos 09.06.1991, em São Paulo - Capital.


Cap.VI, § 1º, seção 2.9. - Antônio Souza Naves_6.7.2.9.
Antônio nasceu aos 21.10.1908, em Uberaba - MG; faleceu aos 17.03.1967, em São Paulo - Capital.

Cap.VI, § 1º, seção 2.10. - Odilla Naves_6.7.2.10.
Odila nasceu aos 22.04.1913, em Barretos - SP.

Cap.VI, § 1º, seção 2.11. - Sebastiana De Souza Naves "Sebastianinha" Cc/ Solon_6.7.2.11.
"Sebastianinha" nasceu aos 18.11.1914, em Barretos - SP; faleceu aos 27.02.2002, em São Paulo - Capital.
Filhos:
6.7.2.11.1. Solon
6.7.2.11.2. José Luiz Naves; com geração.
6.7.2.11.3. Paulo Naves; com geração.

Cap.VI, § 1º, seção 2.12. - Adolpho De Souza Naves_6.7.2.12.
Adolpho nasceu aos 15.05.1916, em Barretos - SP; faleceu aos 17.03.1995, em São Paulo - Capital.

Nenhum comentário:

Postar um comentário