quarta-feira, 20 de março de 2013

Registro de Batismo de João Naves Vieira Damasceno

.
João Naves Vieira Damasceno nasceu em 9 de agosto de 1893 em Romaria - MG e morreu Cerca de 1940.  Ele casou com Maria Louzada Damasceno em 1935. Maria Louzada Damasceno, filha de Antonio Louzada de Oliveira, nasceu em 1910 em Olímpia - SP e morreu em 1943.

Filho de João Naves Vieira Damasceno e Maria Louzada Damasceno

i.
2.
Antonio Adolpho Naves Paraguassú nasceu em 1937.

ii.
3.
João Batista Naves Bastilha de São Paulo nasceu em Jun. 24, 1939.




Registro de batismo (imagem acima) realizado pelo vigário de Romaria - MG, datado de 22 de agosto de 1893, cujo batizado é de João, filho de Antônio Naves Damasceno e de Tertuliana Carolina de Jesus - a Tertuliana Naves Vieira .
Em primeira análise, chama a atenção o fato da grafia "João" estar apostamente corrigida e com  forte traço (característica da caneta em bico-de-pena estar carregada de tinta), levando à crer ser um provável engano do vigário que lavrou o registro do livro de batismo, em virtude do nome do "inocente" batizado. De mesma maneira, houve o acrecimo da grafia "João" precedente ao nome do pai Antônio Naves Damasceno   vez que João  era o pai de Antônio, daí a provável confusão.
Em relação aos padrinhos temos Jose Esteves de Avila e D. Maria D'Abbadia Naves (grafia original). Sendo que José Esteves de Avila casado com Joanna Roza Naves é genro de Maria da Abbadia da Conceição - ou Maria D'Abadia do Carmo - a Maria Abadia Naves, então viúva de João Naves Damasceno 

- Então temos a avó (viùva) formando par com o genro (então tio), no batizado do neto.






1. Os descendentes do casal Joanna Roza Naves e José Esteves de Ávila estão relacionado em:
http://familiaresnaves.blogspot.com.br/2013/02/cap-vi-7-secao-7-joanna-roza-naves.html


2. Os descendentes do casal  Antônio Naves Damasceno e  Tertuliana Carolina de Jesus - a Tertuliana Naves Vieira estão relacionados em:

Cap. VI, § 7º, seção 1 - Antônio Naves Damasceno 6.7.1_ cc. Tertuliana Carolina de Jesus







Nota do editor: O primo Wildes Naves (76), de Buriti Alegre/GO, encontrou e enviou-nos o endereço eletrônico do microfilme. Sendo assim, foi possível o Blog Família Naves realizar importantes descobertas, que vai confirmando determinados postulados do Blog Família Naves.